Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Voltar
Início do conteúdo da página
Mais 266 médicos começam a atender em 193 cidades

03/08/2015

Mais 266 médicos começam a atender em 193 cidades

A partir desta segunda-feira (3), 266 médicos começam a atuar em 193 cidades do país pelo Programa Mais Médicos. O número de profissionais brasileiros ou com diplomas revalidados equivale a 96% das oportunidades oferecidas no edital de reposição, lançado em julho. Com isso, mais de 900 mil pessoas serão beneficiadas em todas as regiões. 

Das 276 vagas oferecidas no edital de reposição, dez ainda estão em aberto. Os municípios têm até 10 de agosto para homologar a participação dos novos médicos. Após esse prazo, as vagas não homologadas e as que não chegaram a ser preenchidas serão oferecidas em segunda chamada nos dias 13 e 14 de agosto para médicos com registro (CRM) no Brasil. A partir de então, se ainda houver vagas abertas, o edital será destinado aos brasileiros que se formaram no exterior e, em seguida, aos profissionais estrangeiros. 

Ao todo, 1.410 médicos com CRM Brasil se inscreveram nesta etapa para preencher os postos abertos a partir de desistências ou desligamentos desde o último chamamento, realizado em janeiro deste ano. No momento do cadastro, os candidatos escolheram entre a pontuação adicional de 10% nas provas de residência com atuação por, no mínimo 12 meses na Unidade Básica de Saúde (UBS), ou a permanência no município por até três anos e o direito a benefícios como auxílios moradia e alimentação pagos pelas prefeituras.

Para a classificação, foram estabelecidas as mesmas regras adotadas no edital anterior: ter título de Especialista em Medicina de Família e Comunidade; experiência comprovada na Estratégia Saúde da Família; ter participado do Programa de Educação pelo Trabalho – PET (Vigilância, Saúde, Saúde da Família e Saúde Indígena); do VER-SUS; do ProUni ou do FIES. Como critérios de desempate são considerados a maior proximidade entre o município desejado e o de nascimento e ter a maior idade.

Expansão do programa em 2015
No primeiro chamamento de 2015, realizado em janeiro, os médicos formados no Brasil ou com diploma revalidado e os brasileiros graduados no exterior preencheram todas as 4.139 vagas ofertadas em 1.289 municípios e 12 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs). Com a expansão realizada em 2015, o programa conta com 18.240 médicos em 4.058 municípios e 34 DSEIs, levando assistência para cerca de 63 milhões de pessoas. Novos editais estão previstos para outubro deste ano e janeiro de 2016.

Confira o resultado final da alocação dos médicos – Edital nº10/2015 

 

 

voltar
Fim do conteúdo da página