Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Voltar
Início do conteúdo da página

19/11/2015

Profissionais brasileiros têm nova chance para atuar no Mais Médicos

Os profissionais brasileiros inscritos no atual edital do Mais Médicos têm nova chance para participar do Programa. Os candidatos devem indicar as opções até esta quinta-feira (19/11). Ao todo, são 134 vagas em 122 municípios. A seleção faz parte do plano de reposições trimestrais implementada pelo Ministério da Saúde a partir deste ano.

Acesse a lista dos municípios

“Os editais trimestrais garantem que as prefeituras fiquem o mínimo de tempo possível com vagas ociosas. É importante termos garantida a reposição dessas vagas rapidamente. Assim, os municípios podem dar continuidade ao desenvolvimento das atividades que os profissionais estão realizando na atenção básica, como consultas, ações de promoção da saúde e atendimentos de pequenas urgências”, destaca o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Hêider Pinto.

Os participantes podem escolher até quatro cidades onde desejam atuar através do site do Mais Médicos. Os profissionais deverão optar pela modalidade de participação desejada: receber pontuação adicional de 10% nas provas de residência, atuando na unidade básica por no mínimo 12 meses; ou permanecer no município por até três anos e receber auxílios moradia e alimentação custeados pelas prefeituras.

Confira o cronograma dos médicos

Após a validação, no sistema, do município onde deverão atuar, os profissionais precisam se apresentar às prefeituras a partir do dia 7 dezembro para iniciar as atividades nas unidades básicas de saúde. Os gestores deverão homologar os médicos até 11 de dezembro, confirmando quais compareceram ao município. Os médicos que validarem a inscrição, mas não se apresentarem dentro do prazo, ficarão impedidos de se inscrever no Mais Médicos por seis meses.

Caso as vagas não sejam preenchidas será cumprida a ordem de chamamento prevista na Lei. O edital será aberto aos brasileiros que se formaram no exterior e, em seguida, aos profissionais estrangeiros. Por fim, havendo ainda vagas, serão chamados médicos da cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde.


Saiba mais sobre o Mais Médicos

 

 

voltar
Fim do conteúdo da página